Queda nas exportações gaúchas em 2009

O valor das exportações gaúchas em 2009 somou R$ 15,2 bilhões, representando um decréscimo de 17% em relação a 2008. Essa queda se deu tanto pela redução do volume quanto dos preços. O volume, em 2009, foi 10,2% inferior ao de 2008, e os preços apresentaram uma redução de 7,6%.

Se para o RS o resultado das exportações não foi bom, para o Brasil foi ainda pior: o valor das exportações foi de R$ 153,0 bilhões (queda de 22,7% em relação a 2008). Como os resultados em volume para o Brasil e o Rio Grande do Sul foram similares, o pior resultado do Brasil se deveu exclusivamente pela maior diminuição do preço.

No RS, os setores tiveram desempenhos distintos; enquanto o volume cresceu 24,8% na agropecuária, na indústria de transformação houve queda de 14,6%. Apenas três segmentos industriais apresentaram aumento de volume: produtos químicos (16,7%), derivados de petróleo (100,1%) e celulose e papel (4,7%). Cabe destaque aos serviços industriais de utilidade pública, que, em 2008, representavam apenas 0,03% do valor e que, em 2009, passaram dos 7%, devido ao grande crescimento em energia elétrica. Quanto ao destino das exportações, destaque para China, que se tornou o principal importador dos produtos gaúchos, com 15% do valor, seguido pela Argentina (14%). Os Estados Unidos caíram da liderança para o terceiro lugar, com decréscimo de 49,1%.

Queda nas exportações gaúchas em 2009

Compartilhe