Ano 27 nº 03 – 2018

Agregação de valor como estratégia de competitividade na cadeia têxtil-vestuário do RS

A cadeia produtiva têxtil-vestuário foi um dos históricos pilares da industrialização do RS. Desde o final do século XIX, o Estado caracterizou-se por um significativo parque industrial têxtil, baseado em capitais locais e tendo como matéria-prima, inicialmente, a lã e o algodão. É uma cadeia que se caracteriza por uma grande heterogeneidade do ponto de

Leia mais

Após dois anos em queda, PIB cresce 0,98% em 2017: acabou a crise?

No início deste mês, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou as contas nacionais de 2017, que apontaram para uma taxa de crescimento anual do Produto Interno Bruto (PIB) de quase 1%. Governo e meios de comunicação saudaram o resultado como demonstração de que o País saiu da crise. Uma conclusão impositiva se

Leia mais

A bolha de ativos e a atuação do Fed: 2008 em 2018?

A dinâmica da economia sob dominância financeira é indissociável da variação do preço dos ativos. São as flutuações, muito mais do que o nível de emprego e o ritmo de crescimento, o termômetro pelo qual se mede o sucesso da gestão econômica, reduzida, o mais das vezes, à condução da política monetária. Assim, a emergência

Leia mais

A remuneração do setor privado, do setor público estadual e a diferença entre os poderes no RS

O setor público atrai, todos os anos, milhares de candidatos para vagas que abrem mediante concursos públicos. Evidências anedóticas sugerem que os candidatos valorizam não só a estabilidade que o tipo de vínculo oferece, mas também a alta remuneração. De fato, de acordo com estudo recente, mesmo levando-se em conta diferenças observáveis, os salários do

Leia mais

Mais uma vez, a reforma da Previdência

O ano de 2017 terminou sem que a votação da nova reforma da Previdência fosse realizada. Por outro lado, 2018 iniciou com o assunto em pauta, porém a incerteza sobre sua deliberação permanece neste ano, recebendo um novo elemento, que é a decretação de intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro, o que inviabiliza,

Leia mais

Envelhecimento populacional e mortalidade de idosos no Rio Grande do Sul

Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Rio Grande do Sul possuía, em 2015, 11.247.972 habitantes, 15,7% considerados idosos, na faixa etária de 60 anos ou mais, havendo, nesse segmento populacional, 77 homens para cada 100 mulheres. Para 2030, o IBGE projeta que o Estado deva alcançar a marca de 11.542.948

Leia mais