Evolução das exportações gaúchas conforme o fator agregado

Os dados do MDIC sobre as exportações gaúchas, conforme o fator agregado, permitem verificar o comportamento dos produtos vendidos ao exterior com base no seu grau de elaboração. O gráfico mostra um forte crescimento de produtos básicos entre 2006 e 2008. Esse aumento se deveu principalmente ao crescimento da demanda da China por soja e aos bons resultados dos embarques de carnes e fumo. Nesse mesmo período, observou-se um padrão semelhante, mas em menor intensidade, das exportações de produtos manufaturados, sobressaindo-se o crescimento dos setores de máquinas e equipamentos e químicos.

Como reflexo da crise econômica, no final de 2008, percebe- se uma pequena queda das exportações de produtos básicos e uma queda acentuada dos manufaturados. Mais importante: passada a crise, nem os produtos básicos nem os manufaturados recuperaram a trajetória de crescimento do período pré-crise. Dos principais produtos básicos, apenas as exportações de carnes e farelo de soja voltaram a crescer, enquanto, dos manufaturados, somente máquinas e equipamentos e autopeças. Quanto às exportações de semimanufaturados, verifica-se também um processo de queda com a crise, recuperando, no entanto, sua trajetória ascendente no período subsequente. Os principais produtos dessa classificação são óleo de soja, celulose e couro.

Evolução das exportações gaúchas conforme o fator agregado

Compartilhe