Textos com assunto: indústria extrativa mineral

Riquezas minerais e suas controvérsias

Por:

Edição: Ano 24 nº 07 - 2015

Área temática:

Assunto(s):

A indústria extrativa mineral vem apresentando um desempenho superior ao da indústria de transformação no Brasil. Tomando-se as taxas de crescimento entre os anos 2003 e 2013, com base fixa em 2002, constata-se que ambas apresentam movimento semelhante, com nítida vantagem para a mineração. A partir de 2013, porém, essa tendência sofre uma brusca mudança, observando-se um franco descolamento entre as curvas. Entre abril de 2013 e abril de 2015, a atividade extrativa cresceu 16,2%, e a indústria de transformação caiu 12,4%.

Em que pese à pequena participação da atividade extrativa mineral na produção industrial total (17% em 2014), seu crescimento, por um lado, tem favorecido o equilíbrio da balança comercial brasileira, ao proporcionar a entrada de divisas oriundas das vendas externas.

Por outro lado, cabe refletir sobre o significado desse crescimento, que está a indicar uma mudança na matriz produtiva. Esses resultados refletem uma política de incentivos aos investimentos em commodities agroindustriais e minerais, coincidindo com a tendência mundial no sentido de definir uma nova divisão internacional da produção. Nessa nova ordem, os países ricos em minerais e com grandes espaços territoriais revelam-se extremamente atrativos para a captação de investimentos diretos externos (IDE).

No caso brasileiro, apesar da contribuição positiva para a redução dos déficits das transações correntes do balanço de pagamentos e para a atração de capitais internacionais, o crescimento focado na indústria extrativa corre o risco de fragilizar ainda mais nossa matriz produtiva. Note-se que esta já vem registrando uma ampliação da importação de componentes de alto valor agregado e tecnológico. É necessário ponderar ainda que a “commoditização” da economia brasileira condiciona a sustentabilidade do crescimento, uma vez que vincula os resultados econômicos à oscilação de preços estabelecidos internacionalmente.

drope4

 

Compartilhe