Textos com assunto: coleta de lixo

Evolução da coleta de lixo nos domicílios do Brasil e dos estados da Região Sul

Por:

Edição: Ano 11 nº 08 - 2002

Área temática:

Assunto(s): , ,

A coleta de lixo nos domicílios é uma das ações de saneamento básico, junto com a distribuição de água potável e coleta e tratamento de esgoto. Essa atribuição é dos municípios, sendo os serviços prestados pela própria prefeitura ou  terceirizados.

A partir dos dados dos Censos de 1991 e 2000, observa-se um crescimento nas taxas de atendimento de domicílios, tanto para o Brasil como para os três estados do Sul. O Rio Grande do Sul apresentou as maiores taxas de atendimento comparativamente ao Brasil e aos três estados, sendo de 70,2% em 1991 e de 84,1% em 2000. Por sua vez, as taxas de atendimento nos estados da  Região Sul são maiores que a média nacional nos dois períodos. Merece atenção o fato de que o acréscimo no número de domicílios atendidos com coleta de lixo foi maior que o crescimento vegetativo do número de domicílios nesse período, sendo de 59,7% e 29,0% no Brasil e 46,3% e 22,2% no Rio Grande do Sul.

Os dados aqui apresentados referem-se apenas à coleta de lixo, não implicando, portanto, destinos adequados do lixo, em que se destacam as atividades da coleta seletiva e a reciclagem/compostagem de resíduos. O aterro sanitário é o destino mais econômico para os demais tipos de lixo não passíveis de reaproveitamento.

Evolução da coleta de lixo nos domicílios do Brasil e dos estados da Região Sul

Compartilhe