Textos de: Norma Herminia Kreling

Idosos aposentados: ocupados detêm melhores condições que inativos

Por:

Edição: Ano 17 nº 05 - 2008

Área temática:

Segundo dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego na RMPA, entre as pessoas com 60 anos ou mais de idade na condição de ocupadas, 42,9% já eram aposentadas e/ou pensionistas no período 2004-07. Os dados revelam importantes diferenças entre os idosos ocupados com aposentadoria e/ou pensão, quando comparados com os inativos que também recebem esses […]

Emprego doméstico: igualdade de direitos trabalhistas

Por:

Edição: Ano 22 nº 07 - 2013

Área temática:

Assunto(s): ,

O emprego doméstico é aquele relacionado à prestação de serviços gerais no âmbito de um domicílio privado. Desde a sua origem, em tempos remotos, sempre foi um trabalho pouco valorizado, exercido predominantemente por mulheres, como uma atividade histórica e culturalmente ligada às habilidades consideradas femininas. Além da execução de serviços gerais, abrange categorias como as […]

Envelhecimento da PEA demanda políticas públicas

Por:

Edição: Ano 21 nº 07 - 2012

Área temática:

Assunto(s): ,

O envelhecimento populacional é hoje um fenômeno universal, característico tanto dos países desenvolvidos quanto, de modo crescente, dos não desenvolvidos. Esse processo vem manifestando-se de forma rápida, porém distinta, entre os países ricos e pobres. Nos países desenvolvidos, esse processo deu-se de forma gradual, ao longo de mais de um século, acompanhado de um progresso […]

Envelhecimento do trabalhador demanda políticas públicas

Por:

Edição: Ano 19 nº 05 - 2010

Área temática:

Assunto(s):

O processo de envelhecimento da população na Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA) vem se acelerando, nos últimos anos, em consequência da dinâmica demográfica, a qual afetou profundamente a composição etária da População Economicamente Ativa (PEA), aumentando a proporção de pessoas adultas com 40 anos ou mais. Tal segmento, em período recente, passou a representar […]

Primeiros efeitos da crise no mercado de trabalho da RMPA

Por:

Edição: Ano 18 nº 05 - 2009

Área temática:

Assunto(s): , ,

Segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA), a partir de agosto de 2008, quando se intensificou a crise financeira internacional, observa-se queda acentuada na proporção de ocupados com jornada acima de 44 horas. Em fevereiro de 2009, a parcela de ocupados com jornada acima da legal atingiu a […]

Trabalhadores maduros: maior estabilidade, mas com dificuldades para conseguir ocupação

Por:

Edição: Ano 16 nº 09 - 2007

Área temática:

Assunto(s): ,

O tempo de permanência no trabalho é um dos indicadores que caracteriza o grau de estabilidade no mercado de trabalho. Em 2006, na Região Metropolitana de Porto Alegre, o maior tempo médio de permanência entre os trabalhadores ficou por conta dos mais maduros (40 anos ou mais), os quais apresentavam, em média, 118 meses de […]

Persistem importantes diferenciais de remuneração entre gêneros

Por:

Edição: Ano 15 nº 05 - 2006

Área temática:

Assunto(s): ,

Embora se observe, ao longo da série dos dados da PED-RMPA, uma tendência de diminuição da desigualdade de ganhos entre homens e mulheres ocupados, esse diferencial se mantém relativamente alto. Nesse sentido, dados relativos ao ano de 2005 mostram que o rendimento médio real cresceu para ambos os sexos, sendo o aumento um pouco maior para os homens (1,5%) […]

Mulheres com 40 anos ou mais conquistam maiores rendimentos

Por:

Edição: Ano 14 nº 03 - 2005

Área temática:

Assunto(s): ,

Os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA) mostram que os diferenciais de rendimentos entre os sexos podem bem ilustrar a maior fragilidade de inserção da força de trabalho feminina no mercado de trabalho. Ainda que a remuneração percebida pelas mulheres seja tanto maior quanto mais idade elas tiverem, observa-se que […]

Mulheres são maioria entre os desempregados na RMPA

Por:

Edição: Ano 11 nº 04 - 2002

Área temática:

Assunto(s):

As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA) mostram que, em 2001, pelo segundo ano consecutivo, a taxa média de desemprego das mulheres apresentou decréscimo, passando de 19,6% da PEA em 2000 para 18,2% no ano em análise, reduzindo-se em 10 mil pessoas o contingente de desempregadas. Na força de […]

Desemprego: comportamento diferenciado entre os gêneros

Por:

Edição: Ano 10 nº 11 – 2001

Área temática:

Assunto(s):

A Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre revela, no período jan.-set./01, altas taxas de desemprego total, atingindo mais as mulheres, cujo contingente apresentou uma taxa de 18,3%, enquanto para os homens a taxa foi de 12,4%. Considerando-se os três tipos de desemprego levantados pela Pesquisa, verifica-se que, tanto entre os homens como entre as […]