Textos de: Maria Isabel Herz da Jornada

Emprego formal do País perde força e fecha outubro com pequena retração

Por:

Edição: Ano 23 nº 12 - 2014

Área temática:

Assunto(s): ,

O mercado de trabalho formal no Brasil fechou o mês de outubro com a supressão de 30.283 postos, conforme a série sem ajuste — que só contabiliza as informações enviadas dentro do prazo legal — do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego (CAGED-MTE). Trata-se do primeiro resultado negativo para […]

Emprego formal: novas vagas privilegiam baixos salários

Por:

Edição: Ano 23 nº 09 – 2014

Área temática:

Os resultados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) para o ano de 2013, recentemente divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), corroboraram uma série de mudanças que estão ocorrendo no mercado de trabalho formal, no Brasil, neste início de século. Podem-se destacar o avanço da escolaridade, a menor participação dos jovens no emprego […]

Emprego formal: sinais de desaceleração

Por:

Edição: Ano 23 nº 06 – 2014

Área temática:

Os efeitos da desaceleração da atividade econômica sobre o mercado de trabalho formal já começam a se tornar visíveis neste primeiro quartel do ano. Embora se mantenha a trajetória ascendente do emprego, o ritmo de expansão diminuiu sensivelmente. A frágil geração de postos no Brasil evidencia-se nos resultados dos meses de março e abril de […]

PNAD Contínua: uma visão abrangente do mercado de trabalho no Brasil

Por:

Edição: Ano 23 nº 02 – 2014

Área temática:

Os primeiros resultados da nova Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), que substituirá a tradicional PNAD anual e a Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do IBGE, divulgados recentemente, trouxeram dados inéditos sobre a situação do mercado de trabalho brasileiro. Ela possibilita uma visão mais ampla da evolução e da atual configuração da ocupação, pois abrange aproximadamente 3.500 municípios em […]

A economia gaúcha no primeiro semestre de 2003

Por: , , e

Edição: Ano 12 nº 08 - 2003

Área temática:

Assunto(s): ,

A economia brasileira, nos primeiros seis meses de 2003, caracterizou-se por apresentar fortes constrangimentos à retomada do crescimento econômico, num contexto de elevado patamar da taxa de juros, associado a uma aceleração da inflação e à redução do poder de compra de grande parte da população. Ao final do período, constata-se um recuo do nível […]

O comportamento do emprego formal nas regiões do Brasil

Por:

Edição: Ano 22 nº 06 - 2013

Área temática: Assunto(s):

O desempenho recente do emprego formal no Brasil mostra uma continuidade no processo de geração de postos de trabalho, porém com perda do ritmo de crescimento de forma persistente. Em abril de 2013, o nível de emprego elevou-se 0,5% em relação ao mês anterior pela incorporação de 196.913 trabalhadores, o que configurou o saldo entre […]

A resistência do emprego formal e o baixo crescimento econômico

Por:

Edição: Ano 22 nº 01 - 2013

Área temática: ,

Assunto(s): , ,

A economia brasileira parece viver uma contradição evidenciada pelo descolamento entre o comportamento da atividade econômica e o do mercado de trabalho. Enquanto o crescimento do PIB no Brasil foi de 2,7% no ano passado e de 0,7% no acumulado de 2012 até setembro frente a igual período de 2011, o emprego formal cresceu 5,5% […]

O emprego na construção civil: sustentando o crescimento

Por:

Edição: Ano 21 nº 04 - 2012

Área temática:

Assunto(s): ,

Beneficiado por políticas públicas de estímulo à economia — tais como a redução de alíquotas do IPI para produtos da construção civil, o aumento do financiamento habitacional, as obras de infraestrutura do PAC e o programa Minha Casa, Minha Vida —, o mercado de trabalho na construção civil, no Brasil, tem-se mostrado dinâmico nos anos […]

O emprego formal em 2010: para além de 2008

Por:

Edição: Ano 20 nº 01 - 2011

Área temática:

Assunto(s):

Em consonância com o comportamento do nível de atividade, o mercado de trabalho, ao longo do ano de 2010 (janeiro a novembro), exibiu recordes sucessivos de geração de novas oportunidades em vários meses, com acréscimos continuados no nível do emprego celetista. No acumulado de 2010 até novembro foram adicionados 2.544.457 postos de trabalho no Brasil […]

O emprego formal em uma trajetória ascendente

Por:

Edição: Ano 19 nº 06 - 2010

Área temática:

Assunto(s):

Na esteira da retomada do crescimento econômico, o desempenho do mercado de trabalho formal no primeiro quadrimestre de 2010 aponta para além de uma trajetória de recomposição, que já fora vislumbrada no primeiro quadrimestre de 2009, quando o País começou a reagir, recuperando 48.454 das centenas de milhares de vagas com carteira eliminadas no auge […]