Textos de: Iracema Castelo Branco

Trabalho autônomo: alternativa consistente para superar o desemprego?

Por:

Edição: Ano 26 nº 6 – 2017

Área temática:

Assunto(s): , ,

O aumento do desemprego e as suas consequências sociais são considerados uma das faces mais perversas da recessão econômica. A taxa de desemprego elevou-se em 81,4% na Região Metropolitana de Porto Alegre entre 2014 e 2016, passando de 5,9% em 2014 para 10,7% em 2016. Diante da dificuldade da economia brasileira em retomar a trajetória […]

Perspectivas para a taxa de desemprego em 2017

Por:

Edição: Ano 25 nº 11 – 2016

Área temática: ,

Assunto(s): , ,

O contexto de recessão em que se encontra a economia brasileira nos últimos dois anos vem-se traduzindo na escalada da taxa de desemprego e na deterioração dos demais indicadores do mercado de trabalho, após uma longa trajetória de redução do desemprego, do aumento real dos salários e da formalização. Com a proximidade do final do […]

Avanços e recuos no mercado de trabalho na RMPA

Por:

Edição: Ano 25 nº 06 – 2016

Área temática: ,

O desempenho negativo do mercado de trabalho em 2015 interrompeu uma longa trajetória de avanços: redução do desemprego, aumento do rendimento médio real e redução das desigualdades de renda do trabalho. Segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA), a taxa de desemprego reduziu-se de 15,9% em 2004 para […]

PL 4330/04: a terceirização em debate

Por:

Edição: Ano 24 nº 05 - 2015

Área temática:

Assunto(s): ,

O Projeto de Lei (PL) 4330/04, que trata da terceirização, em tramitação há mais de 10 anos, passou a ser amplamente discutido no último mês, após sua aprovação na Câmara ter desencadeado protestos e paralisações de trabalhadores. Destaque-se que o tema da terceirização não é novo, uma vez que ela se expandiu nos anos 90, […]

O menor desemprego da RMPA: a melhor fase do mercado de trabalho?

Por:

Edição: Ano 24 nº 03 - 2015

Área temática:

Assunto(s): ,

A taxa de desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA), em 2014, foi de 5,9% da População Economicamente Ativa (PEA), a menor média anual em 22 anos da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED-RMPA), iniciada em junho de 1992. Todavia outros indicadores não tiveram comportamento favorável: o nível de ocupação teve queda de 2,1% […]