Textos de: Fernando Maccari Lara

Consumo e investimento: avaliando as previsões do Banco Central do Brasil para o ano de 2017

Por:

Edição: Ano 26 nº 11 – 2017

Área temática:

Assunto(s): , ,

Em artigo recente publicado nesta Carta de Conjuntura, foi observado que nem a rápida queda da taxa de inflação nem o ritmo lento da recuperação do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) podem ser considerados movimentos razoavelmente previstos pelo Banco Central do Brasil (BCB). De modo geral, tem sido recorrente, pelo menos desde o segundo […]

A recessão brasileira pelo retrovisor

Por:

Edição: Ano 26 nº 4 – 2017

Área temática:

Assunto(s): , ,

Ao longo do segundo semestre de 2016, renovou-se a aposta de muitos analistas econômicos de que a retomada da “confiança” encaminharia o encerramento do processo recessivo iniciado ainda em 2015. Em análise anterior, adotou-se perspectiva radicalmente diversa, ao considerar inexistente qualquer potencial fonte de demanda efetiva capaz de permitir a retomada do crescimento econômico no […]

Política econômica e perspectivas para a economia brasileira

Por:

Edição: Ano 25 nº 11 – 2016

Área temática: , ,

Assunto(s): , ,

Desde sua origem, a Fundação de Economia e Estatística (FEE) tem refletido sobre a economia e a sociedade gaúchas sem pressupor que seus principais aspectos possam ser explicados exclusiva ou predominantemente, por fatores internos ao Estado do Rio Grande do Sul. Com respeito à determinação do nível de atividade, concorda-se com Lazzari (2011), para quem, […]

Todos perderam com a recessão em 2015?

Por:

Edição: Ano 25 nº 06 – 2016

Área temática: , ,

Nas avaliações sobre a política econômica praticada em 2015 têm predominado aspectos de natureza subjetiva, relacionados ao fracasso do Governo em reconquistar a assim chamada “confiança”. Ainda que esse tom negativo prevaleça, diversas variantes do argumento podem ser identificadas: alguns dirão que nem se fez o ajuste prometido, outros que este não funcionou para reduzir […]

Ajuste fiscal e recessão no Brasil em 2015

Por:

Edição: Ano 24 nº 10 – 2015

Área temática:

Assunto(s): , ,

A persistente desaceleração do crescimento econômico brasileiro, em curso desde 2011, evoluiu, ao longo do primeiro semestre de 2015, para um processo recessivo. Os dados relativos ao segundo trimestre de 2015 do Produto Interno Bruto (PIB) trimestral, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que, comparando-se os últimos quatro trimestres com os quatro […]

Juros, câmbio, investimento e exportações no Brasil entre 2011 e 2014

Por:

Edição: Ano 24 nº 06 - 2015

Área temática:

Assunto(s): , ,

O investimento e as exportações são variáveis centrais para o crescimento econômico a longo prazo. O investimento é necessário para o aumento da capacidade produtiva da economia, ao passo que as exportações são decisivas para relaxar a restrição externa ao crescimento. No debate brasileiro, com muita frequência argumenta-se que essas duas variáveis não assumem uma […]

As condições externas justificam um ajuste recessivo?

Por:

Edição: Ano 23 nº 11 - 2014

Área temática:

Assunto(s): ,

Na campanha eleitoral, um argumento muito utilizado por militantes da reeleição da Presidenta Dilma Rousseff, para justificar o fraco desempenho do crescimento durante o seu mandato, foi o contexto de “crise internacional”. Reeleita a Presidenta, os jornais agora noticiam que há um “consenso” em torno da necessidade de um ajuste recessivo para “acalmar os mercados”. […]

Efeitos da taxa nominal de câmbio sobre o passivo externo líquido do Brasil

Por:

Edição: Ano 23 nº 07 – 2014

Área temática:

Assunto(s):

Ao longo dos 30 meses entre julho de 2011 e dezembro de 2013, a economia brasileira acumulou um déficit em transações correntes de cerca de US$ 162 bilhões, financiado por um ingresso líquido de capitais externos da ordem de US$ 187 bilhões. Em princípio, a absorção de fluxos de capitais externos é um fator que […]

Contas externas brasileiras em 2013

Por:

Edição: Ano 23 nº 02 – 2014

Área temática:

Assunto(s): ,

A taxa de câmbio nominal R$/US$ assumiu, nos 30 meses entre julho de 2011 e dezembro de 2013, uma tendência à desvalorização que já acumula cerca de 50%. O movimento constitui uma ruptura com o longo período de apreciação anterior, que começou em 2002, brevemente interrompido entre 2008 e 2009. Ao contrário do esperado por boa parte dos analistas, até este […]

Preços dos combustíveis e inflação

Por:

Edição: Ano 22 nº 10 - 2013

Área temática:

Assunto(s): , ,

A Petrobras pratica, declaradamente, uma política de preços que visa não reproduzir, no mercado doméstico de combustíveis, a volatilidade dos preços do petróleo e derivados nos mercados internacionais. Em princípio, essa orientação poderia ter resultados neutros para a rentabilidade da empresa. Eventuais perdas decorrentes de um aumento do preço do petróleo não repassado para os […]