Textos de: Enéas de Souza

O Brasil parte para o futuro

Por:

Edição: Ano 19 nº 03 - 2010

Área temática:

Assunto(s):

Pela primeira vez, depois da crise da dívida externa de 1982, o Brasil vai ter condições de movimentar sua economia em função de uma estratégia de longo prazo. Isso significa que está emergindo uma vontade social de desenvolvimento, que pode materializar-se num pacto entre o Estado, o capital bancário, o capital industrial e os assalariados, […]

A crise financeira e a grande depressão

Por:

Edição: Ano 20 nº 07 - 2011

Área temática:

Assunto(s):

A economia avança para uma crise maior, uma grande depressão, por causa do entrelaçamento das crises produtiva, financeira, social e do Estado. Há uma solidariedade dramática entre essas situações, desde o encaminhamento da solução da queda da Bolsa em 2001 e do colapso de toda a economia em 2007/2008, que levaram as sociedades norte-americana e […]

Um desenho do tempo futuro

Por:

Edição: Ano 18 nº 10 - 2009

Área temática:

Assunto(s):

O Brasil tem tido uma relação interessante com a crise. De um lado, como resultado de suas políticas anteriores, o País permitiu-se encarar as perturbações econômicas com respostas criativas pelo Estado (por exemplo, as desonerações fiscais de vários setores para sustentar o consumo); e, de outro, os problemas mostraram que a solução de um novo […]

A crise mundial e a economia brasileira

Por:

Edição: Ano 18 nº 03 - 2009

Área temática:

Assunto(s): , ,

A crise mundial tem diversas características. Primeiro, é uma crise que teve como epicentro a economia norte-americana. Segundo, partindo de problemas no subprime, tornou-se uma crise de todo o sistema financeiro. Terceiro, o subprime estava em muitos outros países do mundo, logo, a metástase esperta passou para todo o planeta. Quarto, os dois centros de […]

Titanic sem Leonardo Di Caprio

Por:

Edição: Ano 16 nº 10 - 2007

Área temática:

Assunto(s): , ,

Parece claro: o comando financeiro da economia norte-americana está envolvido numa vasta crise, que, ao contrário de ser abrupta (sempre temos a imagem de uma crise bursátil, mas esta não é uma crise da bolsa), vai se prolongar por meses. O seu ritmo é de fortes momentos de febre, contrapostos a momentos de calmaria. E, […]

As três alternativas do Brasil

Por:

Edição: Ano 15 nº 10 - 2006

Área temática:

Assunto(s): ,

A democracia, com as eleições, cria a possibilidade de que a disputa política provoque modificações na política econômica. A política é, antes de tudo, conflito, e conflito é acordo e desacordo a todo o instante. Só que, por ocasião das eleições, mesmo quando um presidente possa ser reeleito, as chances de metamorfose da configuração de […]