Textos de: Clarissa Black

Ruptura na relação entre os termos de troca e o crescimento econômico no Brasil, em 2016

Por:

Edição: Ano 26 nº 5 – 2017

Área temática:

Assunto(s): , ,

O ano de 2016 foi marcado por uma retomada no crescimento dos termos de troca de comércio do Brasil — os quais medem a razão entre os preços dos produtos exportados em relação aos produtos importados —, que tiveram uma valorização média de 3,04% no ano. A tendência de crescimento desse indicador pode ser verificada […]

O controverso debate sobre substituição de importações no Brasil, em 2015-16

Por:

Edição: Ano 25 nº 05 – 2016

Área temática:

Assunto(s):

A economia brasileira, em 2015, foi marcada por uma profunda recessão, com queda de 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB), acompanhada pela deterioração de vários indicadores econômicos, como o emprego, o consumo, o investimento e a produção industrial. O único dado positivo é a melhora do saldo em transações correntes, o qual é atribuído, principalmente, […]

A “melhora” da balança comercial brasileira em 2015

Por:

Edição: Ano 24 nº 11 – 2015

Área temática:

Assunto(s): ,

A balança comercial brasileira, nos primeiros nove meses de 2015, apresentou uma aparente melhora. O saldo comercial no acumulado até setembro ficou positivo em US$ 10,2 bilhões, enquanto, no mesmo período do ano anterior, o resultado foi um déficit de US$ 741 milhões, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC). No entanto, […]

O preço internacional da soja no último decênio

Por:

Edição: Ano 24 nº 05 - 2015

Área temática:

Assunto(s): ,

A valorização do preço internacional da soja, a partir da segunda metade de 2006, beneficiou os exportadores líquidos desse produto, entre eles o Brasil e o Estado do Rio Grande do Sul. Se, por um lado, esse movimento recente de valorização foi acompanhado por elevação da renda, por outro, enseja preocupações, haja vista a dependência […]

O impacto dos termos de troca no crescimento econômico

Por:

Edição: Ano 23 nº 09 – 2014

Área temática:

Assunto(s):

No período 2003-11, de valorização expressiva dos preços internacionais de commodities, melhoraram os termos de intercâmbio e abriu-se espaço para o crescimento econômico dos países exportadores desses produtos, como o Brasil e os demais países da América Latina. Após os preços nominais das commodities agrícolas e metálicas atingirem o pico em abril de 2011 — […]

O superciclo dos preços das commodities desacelerou ou está diante do fim?

Por:

Edição: Ano 23 nº 04 – 2014

Área temática:

Assunto(s):

A datar de meados de 2003, os preços internacionais das commodities iniciaram um percurso persistente de alta, um fenômeno singular em termos de amplitude. A crise financeira de 2008 não significou a interrupção deste movimento, uma vez que a recuperação das perdas teve início logo no ano subsequente. Os principais grupos de commodities — desconsiderando-se os combustíveis — alcançaram picos históricos no […]

A balança comercial brasileira em 2013: resultado conjuntural ou estrutural?

Por:

Edição: Ano 23 nº 01 – 2014

Área temática:

Assunto(s):

O déficit comercial brasileiro em 2013, que atingiu US$ 5.155 milhões no primeiro trimestre, foi revertido nos meses subsequentes, e o saldo final acabou positivo em US$ 2.561 milhões, uma queda de 87% em relação a 2012. A explicação principal é conjuntural: a queda nas exportações de combustíveis, devido às paradas programadas na produção da […]

Os preços das commodities e a balança comercial brasileira em 2013

Por:

Edição: Ano 22 nº 07 - 2013

Área temática:

Assunto(s): , , ,

Os preços das commodities, com exceção dos cereais, têm apresentado tendência de queda em 2013. De dezembro de 2012 a maio de 2013, o índice geral de commodities do FMI recuou 2,0%, assim como o índice de petróleo, enquanto o de metais caiu 8,5%. O índice de alimentos apresentou elevação de 2,0% no mesmo período […]

América Latina e Caribe: o investimento estrangeiro direto

Por:

Edição: Ano 22 nº 01 - 2013

Área temática:

Assunto(s): ,

Conforme o documento O investimento estrangeiro direto na América Latina e Caribe – 2011, publicado pela CEPAL em 2012, as correntes mundiais de investimento estrangeiro direto (IED) ampliaram-se 17% no ano de 2011 em relação ao ano anterior e somaram US$ 1.510 bilhões. Esse foi o segundo ano consecutivo de crescimento, depois das reduções presenciadas […]