Textos de: Maria Lucrécia Calandro

Produção de calçados em 2003: RS versus CE

Por:

Edição: Ano 13 nº 04 - 2004

Área temática: ,

Assunto(s):

Em 2003, o setor calçadista brasileiro continuou a apresentar resultados inexpressivos, explicados pelo prolongamento da retração econômica nos principais países importadores e no Brasil, com conseqüentes impactos negativos sobre a renda média da população e sobre o consumo doméstico. Nesse ambiente deprimido, a produção de calçados, medida pelo índice de produção física do IBGE, registrou taxas negativas em quase […]

Desaceleração na indústria do Rio Grande do Sul

Por:

Edição: Ano 12 nº 10 - 2003

Área temática:

A desaceleração da atividade industrial brasileira, evidenciada pelo comportamento dos índices de produção física acumulados até março, junho e julho de 2003, em comparação com iguais períodos do ano anterior, também pode ser constatada na maioria dos locais pesquisados pelo IBGE. Com efeito, o exame dos índices regionais comprova redução e/ou estagnação no ritmo de crescimento da atividade fabril ao […]

Produção e exportação de carrocerias para ônibus em alta

Por:

Edição: Ano 12 nº 05 - 2003

Área temática:

Na segunda metade dos anos 80, a indústria automobilística brasileira iniciou um processo de reestruturação que garantiu aumento da competitividade dos autoveículos. As inovações ocorreram principalmente nas linhas de montagem de veículos leves, mas também atingiram o segmento de veículos pesados, a partir da difusão de um novo conceito de gestão e organização da produção introduzido na fábrica de caminhões e […]

Retomada do crescimento da produção industrial gaúcha em 2002

Por:

Edição: Ano 12 nº 03 - 2003

Área temática:

Assunto(s):

Em 2002, a produção física da indústria do RS alcançou a expressiva taxa de crescimento de 4,0%, refletindo o bom desempenho observado em grande parte dos gêneros industriais, sobretudo naqueles vinculados à agroindústria. Na comparação com os outros estados pesquisados pelo IBGE, o setor industrial gaúcho atingiu o terceiro melhor resultado, perdendo apenas para o Rio de Janeiro e o Espírito […]

Ambiente externo e indústria calçadista gaúcha

Por:

Edição: Ano 11 nº 10 - 2002

Área temática:

Assunto(s): ,

No período jan.-jul./02, o indicador acumulado de produção física do IBGE para a indústria gaúcha registrou crescimento de 3,7%, bem superior ao nacional (0,4%). O gênero vestuário, calçados e artefatos de tecidos, de expressiva participação na indústria do Rio Grande do Sul, apresentou uma taxa negativa de 3,1%, refletindo as dificuldades enfrentadas pelos produtores de calçados. O segmento calçadista ocupa uma […]

Fraco desempenho da produção industrial gaúcha no primeiro trimestre

Por:

Edição: Ano 11 nº 06 - 2002

Área temática:

Assunto(s): ,

No período jan.-mar./02, a produção industrial gaúcha cresceu a uma taxa reduzida (0,4%) em comparação com o primeiro trimestre de 2001. Esse resultado, ainda assim, é melhor do que o observado para a indústria nacional, cuja produção física mostrou uma variação negativa (-2,2%) no período. O fraco desempenho decorreu, basicamente, das taxas negativas registradas no mês de março para a maioria […]

Mantida a tendência de retração da produção industrial gaúcha

Por:

Edição: Ano 11 nº 03 - 2002

Área temática:

O indicador acumulado de produção física do IBGE mostrou uma queda de 1,1% na produção industrial do Rio Grande do Sul no ano de 2001, confirmando a tendência de retração da atividade produtiva já apontada em números anteriores da Carta de Conjuntura. Em comparação com outros estados, o RS registrou o segundo pior desempenho, porém com uma queda […]

Queda na produção física da indústria gaúcha

Por:

Edição: Ano 10 nº 12 – 2001

Área temática:

No mês de setembro, com exceção do indicador acumulado nos últimos 12 meses, todos os demais índices de produção física calculados pelo IBGE registraram taxas negativas, evidenciando a continuidade da trajetória de queda da atividade industrial gaúcha. Esse desempenho vem sendo influenciado pelas dificuldades enfrentadas no mercado interno, decorrentes do racionamento de energia elétrica e da elevação das taxas de juros, […]

Perspectivas pouco favoráveis para o setor químico gaúcho

Por:

Edição: Ano 10 nº 10 – 2001

Área temática:

Assunto(s):

Em julho de 2001, a produção industrial gaúcha registrou queda de 1,0% quando comparada com o mesmo mês do ano anterior, mantendo, assim, a tendência de desaceleração do ritmo de crescimento da atividade industrial. Dentre os 18 gêneros pesquisados pelo IBGE no Rio Grande do Sul, 12 apresentaram taxas de crescimento negativas no indicador mês/mês do ano anterior. O destaque negativo […]