Trigo: apoio à comercialização

Encontram-se colhidos 63% da área da lavoura de trigo, relativa às safras de 2010 e 2011 no Rio Grande do Sul, segundo indica a Emater-RS no Informativo Conjuntural n. 1.110, de 11.11.10. Confirmando as expectativas no início do plantio, a área plantada com esse cereal foi reduzida em 8,1%, repetindo o comportamento da safra anterior, na qual já ocorrera uma redução de 6,7%; essa condição verificou-se também nos demais estados que cultivam o cereal no Brasil. A produção gaúcha, na atual safra, está estimada em 1.801,7 mil toneladas, sendo pouco menor (-0,2%) do que a obtida no ano anterior; a manutenção dos mesmos níveis de produção da safra anterior deve-se, principalmente, ao incremento no rendimento médio, no qual são esperados 2.280 kg/ha.

O preço de comercialização, na semana a que se refere o Informativo, é de R$ 21,92 para a saca de 60kg, o que significa uma diferença de 12,91% para menos em relação à média dos últimos anos, e a entrada da safra atual no mercado não contribui para a valorização do mesmo.

Persistem os problemas na comercialização, com preços internos baixos, estoques elevados e volumes expressivos de importações em outubro, no País. O Governo Federal sinalizou com a liberação de R$ 300 milhões, para apoiar a comercialização, tendo sido publicada a Portaria Interministerial MAPA/MF/ /MP nº 1.070, de 8 de novembro de 2010, que estabelece parâmetros para a concessão de subvenção econômica, na forma de equalização dos preços, por meio de leilões públicos.

Trigo apoio à comercialização

Compartilhe