Safra e preços do arroz no Rio Grande do Sul

A área plantada de arroz, na safra 2010/11, no Estado, atingiu cerca de 1,148 milhão de hectares, segundo levantamento da Conab, o que deve representar cerca de 65% da produção nacional. Com plantio, manejo, técnicas adequadas e clima relativamente favorável à cultura, essa safra deve obter um aumento de 12,2% na produção, no RS.

No entanto, esse cenário favorável à produção pode piorar ainda mais os preços, já deprimidos, do cereal. Para se ter uma ideia, na primeira semana de 2011, o preço médio da saca de 50kg de arroz em casca fechou em R$ 23,78 no RS, abaixo do preço mínimo garantido pelo Governo Federal (R$ 25,80). Nesse contexto, a possibilidade de exportação poderia surgir como alternativa para enxugar o mercado e elevar o preço. Contudo não parece que esse caminho esteja sendo trilhado. Pode-se observar, na tabela, que as exportações estão abaixo do volume de 2009 e que, além do mais, o principal produto embarcado é o arroz quebrado, com baixo valor agregado.

A solução de curto prazo à retomada dos preços parece ser a sensibilização do Governo para a efetivação de sua política de preços mínimos. Através de seus diferentes instrumentos, como Prêmio de Escoamento de Produto (PEP), Aquisição do Governo Federal (AGF) e Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (PEPRO), o Governo pode elevar o preço do cereal. Mas isso deve ocorrer com urgência, dado que, em março, inicia a nova safra.

Safra e preços do arroz no Rio Grande do Sul

Compartilhe