Retração nas vendas no comércio varejista, no RS

O comércio varejista gaúcho encerrou o ano 2002 com retração de 2,8% em suas vendas. Dos nove segmentos pesquisados, quatro apresentaram desempenhos inferiores aos observados no ano anterior: Automóveis, motos, peças e acessórios (-10,8%), Hipermercados e supermercados (-3,2%), Combustíveis e lubrificantes (-5,8%) e Material de construção (-0,1%). Vale lembrar que os três primeiros segmentos citados anteriormente representam 57,0% das vendas totais, sendo suas participações de 19,5%, 18,6% e 18,9 respectivamente, influenciando fortemente o resultado geral da atividade. Dentre os segmentos que apresentaram desempenhos positivos em 2002, destacam-se Produtos farmacêuticos, perfumaria e cosméticos, que encerrou o ano com um crescimento de 3,0%, e Demais artigos de uso pessoal e doméstico, com uma expansão de 1,6%.

A retração das vendas no comércio varejista gaúcho foi generalizada nas três regiões pesquisadas: Porto Alegre (-5,2%), RMPA (-3,9%) e Interior (-1,8%). Nessas regiões, foi também o segmento Automóveis, motos, peças e acessórios o que apresentou o pior desempenho: -16,0%, -13,6% e -8,3% respectivamente.

Retração nas vendas no comércio varejista, no RS

Compartilhe