Queda das exportações explica o desempenho da indústria no Estado?

O resultado da indústria de transformação do Rio Grande do Sul, embora ainda bastante positivo . favorecido pela base de comparação fraca do primeiro semestre de 2009 ., mostrou um dinamismo inferior ao nacional no acumulado do ano até junho. Enquanto, em nível nacional, a indústria de transformação cresceu 16,2%, no Estado a expansão foi de 11,3% no mesmo período. O volume exportado pela indústria de transformação no Estado, por sua vez, apresentou uma redução de 6,4% no acumulado do ano até junho, enquanto, na economia nacional, houve um aumento de 12,2%. Pode a queda das vendas externas explicar o desempenho da produção industrial abaixo do nacional nos últimos meses?

A tabela mostra que a desaceleração da indústria de transformação resulta, principalmente, da combinação das quedas na produção dos setores de fumo e de alimentos e bebidas. No caso do fumo, a quebra da safra de 2010, por excesso de chuvas, provocou a queda da produção, que se refletiu na redução do volume exportado. Já a diminuição da produção do setor de alimentos e bebidas pode, de fato, ter sido influenciada pela queda das exportações. Observou-se, no acumulado do ano, uma redução de 4,7% no volume exportado de carnes (segmento que representa cerca de 40% da produ- ção do setor de alimentos), principalmente de suínos e bovinos para a Rússia. Outros setores, como máquinas e equipamentos, produtos químicos e refino de petróleo, também apresentaram queda no volume exportado, mas com menor impacto sobre o nível de atividade industrial.

Queda das exportações explica o desempenho da indústria no Estado

Compartilhe