O apoio do Governo para inovação tecnológica no Brasil e no RS

A evolução tecnológica é vista como fenômeno complexo e sistêmico, em que os governos têm seu lugar de destaque no sentido de promover os processos inovativos por meio de políticas científicas e tecnológicas, o que se observa em muitos dos países que mais inovam.

Vejamos a situação do País e do Estado, quanto ao apoio governamental às inovações oferecido frequentemente por instituições federais, no período 2003-05. Tomando-se por base as indústrias extrativas e de transformação, 19,2% das empresas que implementaram inovações no Brasil obtiveram apoio do Governo. No RS, esse percentual foi um pouco maior, alcançando 21,1% das empresas gaúchas que inovam.

As informações por tipo de apoio apontam, também, para uma situação sensivelmente melhor do Estado relativamente ao País. No quesito incentivo fiscal (à P&D e via lei de informática), há praticamente um empate, com valores muito baixos; no Estado, apenas 1,8% das empresas recebeu esse tipo de apoio, e, no Brasil, 1,7%. Bem mais expressivos, os percentuais de financiamentos para inovação chegaram a 13,6% no País e a 17,2% no Estado

Portanto, muito há de se fazer no âmbito governamental, e os principais desafios, tanto em nível nacional quanto estadual, estão em um novo marco institucional e ou legal e na maior participação dos atores envolvidos nas políticas de inovação.

O apoio do Governo para inovação tecnológica no Brasil e no RS

Compartilhe