Massa de rendimentos reais apresenta comportamento positivo na RMPA

De acordo com os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA), a massa de rendimentos reais dos ocupados apresentou comportamento positivo no período jan.-out./07, com um crescimento de 6,3% em relação a igual período do ano anterior. Tal desempenho é muito superior ao observado por esse indicador em 2006, o qual apresentou uma pequena variação positiva naquele ano, na mesma base comparativa, de 1,7%. Deve-se assinalar que o comportamento da massa de rendimentos reais em 2007 foi resultado do desempenho positivo tanto do nível ocupacional quanto do rendimento médio real, que registraram crescimento de 3,4% e 2,6% respectivamente. No que se refere ao rendimento médio real, este teve um incremento um tanto limitado pela maior elevação dos preços ocorrida em 2007, vis-à-vis ao ano anterior.

O crescimento desses três importantes indicadores do mercado de trabalho — o nível ocupacional, o rendimento médio real e a massa de rendimentos reais — refletiu, em alguma medida, o desempenho econômico do RS em 2007. Nesse sentido, de acordo com o Índice Trimestral de Atividade Produtiva (ITAP), a economia do Estado cresceu 7,4% no período jan.-set./07, em relação a igual período do anterior. Assim, trabalha-se com a compreensão de que o comportamento favorável da economia do RS em 2007 teve um impacto positivo sobre a demanda de mão-de-obra e, conseqüentemente, nos principais indicadores do mercado de trabalho da RMPA.

Adicionalmente, a própria elevação da massa de rendimentos reais acabou gerando efeitos positivos sobre a demanda por bens de consumo e contribuindo para o processo de recuperação econômica do Estado em 2007.

Massa de rendimentos reais apresenta comportamento positivo na RMPA

Compartilhe