Exportações: cresce a participação de novos mercados

As exportações gaúchas de janeiro de 2004 atingiram US$ 617,9 milhões, significando um acréscimo de 38% em
relação a janeiro de 2003 e de 67% quando comparadas às do mesmo mês de 2002. Analisando-se por destino, verifica-se que os sete países que apresentaram as mais significativas taxas de crescimento, em conjunto, elevaram sua participação na pauta exportadora de 3% em janeiro de 2003 para 15% em janeiro de 2004.

Esse incremento deveu-se ao elevado aumento do valor exportado de alguns produtos, como: óleo de soja para
Bangladesh; farelo de soja para a Tailândia; e grãos e óleo de soja para a China. Já para Marrocos, Romênia e Bulgária, foi exportado trigo, produto não tradicional na pauta exportadora. Para a Coréia do Sul, predominaram as vendas de pasta química de madeira.

A diversificação de mercados de destino foi decorrência, em boa parte, do aumento da produção agrícola interna, fato que levou os empresários gaúchos a intensificarem a busca e/ou a ampliação de novos mercados externos, tendo em vista o protecionismo agrícola existente nas nações mais desenvolvidas. Por decorrência, as exportações gaúchas para os países desenvolvidos apresentaram uma taxa de crescimento inferior às das vendas para os países em desenvolvimento neste mês de janeiro, assim como ocorreu ao longo de 2003. Também contribuíram para a ampliação de mercados os problemas internos em economias de vários parceiros, em especial do Mercosul. Essa diversificação tem reduzido os efeitos das crises localizadas em tradicionais parceiros comerciais do Estado, possibilitando que as vendas
externas do RS continuem a crescer.

Exportações cresce a participação de novos mercados

Compartilhe