Desigualdade entre municípios cai no período 2000-07

Os municípios gaúchos, quando avaliados pelo Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese), apresentam-se pouco desiguais. O nível de desigualdade do Idese entre os municípios, medido segundo o Índice de Gini, era de 0,050 em 2007. O Índice de Gini varia de zero a um, sendo que zero indica perfeita distribuição, e um indica desigualdade completa. Apenas como uma ilustração comparativa, o Índice de Gini do IDH dos países foi 0,132 em 2007, índice mais do que duas vezes superior ao registrado entre os municípios gaúchos.

Além de qualificar-se em um patamar baixo, a desigualdade entre os municípios apresentou-se em queda no período 2000-07. Em 2000, o nível de desigualdade entre os municípios era de 0,056, atingindo o nível de 0,050 em 2007.

A diminuição da desigualdade nos índices do Bloco de Renda entre os municípios foi o principal responsável por essa desconcentração verificada no Idese. O nível de desigualdade entre os municípios, nesse bloco, era de 0,094 em 2000, apresentando tendência de queda ao longo de toda série e atingindo 0,076 em 2007.

Os demais blocos do Idese, Educação, Saúde e Saneamento e Domicílios não apresentaram grandes variações quanto à desigualdade no período analisado.

Os Blocos de Saúde e Educação são os que apresentam os menores índices de desigualdade no período. No ano de 2007, o Índice de Gini do Bloco de Saúde era 0,017, e o do Bloco de Educação, 0,026. No outro extremo, encontra-se o Bloco de Saneamento e Domicílios, figurando como o mais desigual entre os municípios ao longo da série, pois em 2007, seu Índice de Gini era igual a 0,284.

Desigualdade entre municípios cai no período 2000-07

Compartilhe