Desempenho do mercado de trabalho da RMPA no primeiro semestre de 2013

O período jan.-jun./13 foi marcado por estabilidade no mercado de trabalho da Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA). Segundo os dados levantados pela PED-RMPA, esse equilíbrio deveu-se à constância do contingente da População Economicamente Ativa (PEA), que, com a pequena variação negativa no número de ocupados, determinou que o contingente de desempregados tivesse um leve aumento, de um mil indivíduos. A taxa de desemprego total, que era de 6,5% em dez./12, passou para 6,6% em jun./13.

Nos setores de atividade econômica, houve aumento do número de ocupados somente no setor serviços, que teve uma ampliação de 18 mil em seu contingente. Já os setores que tiveram redução no número de pessoas ocupadas foram indústria de transformação (menos 8 mil pessoas), construção civil (menos 12 mil), e comércio; reparação de veículos e motocicletas (menos um mil indivíduos).

A desaceleração da atividade econômica no País, no primeiro semestre de 2013, contribuiu para o comportamento do mercado de trabalho na RMPA, que, em termos médios, teve um semestre de estagnação, determinando uma variação anual do contingente ocupado de apenas 0,3% no período jun./12-jun./13, bem inferior aos 1,4% de jun./11-jun./12. A taxa global de participação, que indica a proporção de pessoas com 10 anos e mais incorporada ao mercado de trabalho como ocupada ou desempregada, também não teve alteração entre dez./12 e jun./13, ficando em 56,6%. Contudo a taxa de desemprego manteve-se em patamares baixos, atingindo, em fev./13, a menor taxa em toda a série histórica da PED-RMPA, de 6,2% da PEA.

Desempenho do mercado de trabalho da RMPA no primeiro semestre de 2013

Compartilhe