Desempenho do comércio gaúcho em 2011

O Valor Adicionado Bruto (VAB) do comércio no Rio Grande do Sul apresentou um crescimento acima da média da economia em 2011. No ano, registrou variação de 7,7%, conforme estimativa preliminar da FEE para o desempenho da economia do Estado. Comparativamente, o crescimento do PIB estadual foi de 5,7%.

Analisando-se detalhadamente a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC-IBGE), principal fonte para elaboração dos índices da atividade, percebe-se que o comércio foi fortemente influenciado pelas subatividades materiais de construção (com expansão de 23,8%) e móveis e eletrodomésticos (16,6%). Essas atividades estão intrinsecamente associadas ao crescimento da construção civil, que permanece elevado no RS. Outros fatores, como os aumentos da massa salarial e do crédito ao consumidor, também ajudam a entender o maior crescimento dessas atividades em relação às demais.

Como exercício, uma simulação envolvendo o comércio sem essas duas atividades revelou que o crescimento total seria de 5,1%, ou seja, 2,6 pontos percentuais a menos. Além das altas taxas de crescimento, tanto materiais de construção como móveis e eletrodomésticos são segmentos bastante importantes na estrutura do comércio gaúcho, sendo responsáveis, respectivamente, por 9,6% e 3,8% do VAB dessa atividade.

Desempenho do comércio gaúcho em 2011

Compartilhe