Construção civil dinamiza a indústria de materiais

O ritmo de atividade da construção no RS dá mostras de uma retomada sustentada em 2009, acompanhando o que ocorre em vários estados brasileiros. Esse comportamento provoca efeitos em cadeia sobre outros setores industriais, como o de material de construção, em que o faturamento das empresas, em janeiro de 2010, foi 13,8% maior do que o do mesmo mês de 2009, sendo que, em fevereiro, foi 19% superior (Abramat). A retomada da construção civil provocou ainda um realinhamento na produção de materiais, não apenas visando à expansão da oferta. Houve também uma adaptação no que se refere ao mix de produtos ofertados, para responder à crescente procura por materiais da chamada “linha econômica”, que se vem expandindo em razão da construção de habitações para as classes de menor poder aquisitivo, recentemente presentes no mercado imobiliário.

As reduções e as isenções do IPI para produtos da cesta básica de materiais de construção, implementadas pelo Governo Federal a partir do início de 2006, contribuem para a diminuição dos custos de produção.Tais medidas de desoneração fiscal serão mantidas até 31.12.2010.

Todavia o setor construtivo nessa fase de intensa expansão ressente-se da escassez de mão de obra qualificada, um problema cuja solução depende de uma melhoria na formação profissional.

Construção civil dinamiza a indústria de materiais

Compartilhe