A retomada do ensino médio profissional federal em 2009

O ensino médio profissional vem assumindo um novo perfil no âmbito federal. O crescimento percentual no total de matrículas, no ensino profissional como um todo, no Brasil e no RS foi de 72% e 50%, respectivamente, no período entre 2001 e 2008, mas a participação da rede federal no total de matrículas, no Brasil e no RS, foi apenas de 10% em 2008, tendo diminuído seu percentual em relação a 2001. Em 2005, foi criado o Programa de Expansão de Educação Profissional como alternativa aos jovens, pois menos de 30% chegam à universidade. O Censo Escolar de 2008 não captou o esforço despendido, pois os dados já haviam sido coletados. O nú- mero de escolas de ensino profissional era 140 em 2002, passou a 214 em 2008, e, até o final de 2009, serão finalizadas mais 100 escolas, todas dentro da nova estrutura de Instituições Federais de Educação Tecnológica (IFETs), organizadas de forma vertical, desde a formação inicial até a pós-graduação. Das vagas dos institutos, 20% serão destinadas a licenciaturas, dada a carência de professores. Até 2010, serão 38 institutos com 301 campi, com abrangência nacional. No RS, estão em implantação três institutos, com 23 campi. O investimento na rede federal de ensino profissional em todo País será de R$ 1,1 bilhão e pretende-se, até o final de 2010, atingir 500.000 matrículas.

A retomada do ensino médio profissional federal em 2009

Compartilhe