A balança comercial do RS em 2005

O saldo comercial do RS, em 2005, alcançou US$ 3,761 bilhões. Diferentemente do Brasil, cujas vendas externas se elevaram 22,63%, as exportações gaúchas cresceram apenas 5,82%; e, enquanto as importações do Estado aumentaram 26,49%, as do País ampliaram-se 17,06%.

O aumento das exportações gaúchas deveu-se ao desempenho dos produtos manufaturados, que aumentaram 16,05%
em relação a 2004, já que os básicos e os semimanufaturados registraram redução nas vendas de 8,02% e 1,81% respectivamente, devido, principalmente, à forte diminuição nas exportações de soja em grão e de óleo de soja em bruto, afetadas pela estiagem e pela queda nos preços externos.

O fumo foi o mais importante produto básico exportado pelo Estado no ano de 2005 e beneficiou-se do aumento tanto nos preços quanto na quantidade. No caso dos semimanufaturados, destacaram-se os couros e a celulose, ambos  com variação positiva. Quanto aos produtos manufaturados, a liderança continuou com os calçados, que, apesar do recuo nas  quantidades embarcadas, tiveram um aumento nos preços capaz de compensar a perda no volume. Os tratores –  — segundo lugar no ranking dos manufaturados exportados pelo RS -— tiveram aumento tanto na quantidade quanto nos preços.

Em relação às importações, o forte crescimento nas compras de produtos básicos deveu-se à elevação no preço do petróleo, enquanto o acréscimo na entrada de manufaturados pode ser explicado, em parte, pela aquisição de automóveis e microprocessadores. Dentre os semimanufaturados, destacaram-se as compras de cloreto de potássio e uréia, apesar de ambos terem registrado queda na quantidade.

A balança comercial do RS em 2005

Compartilhe