Textos com assunto: Região Sul

Persistem as dificuldades da indústria gaúcha

Por:

Edição: Ano 14 nº 11 - 2005

Área temática:

Assunto(s): , ,

A evolução da produção física industrial mensal dos estados da Região Sul mostra uma tendência declinante ao longo dos últimos 12 meses, embora em patamares e variações mensais relativamente distintas, refletindo uma reação diferenciada aos fatores conjunturais que vêm influenciando o comportamento do setor. Nesse sentido, o melhor desempenho pertence à indústria do Paraná, e o pior, à do Rio Grande do Sul.

A sucessão de taxas negativas experimentadas pela indústria gaúcha em 2005 reflete peculiaridades regionais, como a forte vinculação com a agropecuária, que potencializa a repercussão da valorização cambial e dos efeitos diretos e indiretos da estiagem deste ano. A indústria de máquinas e implementos agrícolas, principalmente o segmento fabricante de colheitadeiras automotrizes, representando quase 10% do valor de transformação industrial (VTI) estadual e que se constitui no maior produtor desses bens no País, tem acumulado elevadas taxas negativas, com reflexos sobre o desempenho de outras atividades, tais como a metalurgia básica.

Nesse contexto, o resultado positivo do mês de agosto (1,1%) provavelmente não deverá significar uma reversão da situação desfavorável da indústria gaúcha. Faltando apenas poucos meses para o final do ano, é pouco provável que sejam recuperadas as perdas significativas impostas ao setor, decorrentes da frustração da safra, da apreciação da moeda nacional e da política de juros elevados.

Persistem as dificuldades da indústria gaúcha

Compartilhe