Textos com assunto: reciclagem

Reciclagem de resíduos sólidos no Brasil: RS em destaque

Por:

Edição: Ano 13 nº 05 - 2004

Área temática:

Assunto(s):

A Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2000 do IBGE indica que, dentre os 5.507 municípios brasileiros, 451 (8,2% do total) dispunham de coleta seletiva de resíduos sólidos e 352 (6,4%) contavam com reciclagem. No Rio Grande do Sul, dos 467 municípios existentes na época da pesquisa, 138 (29,6%) possuíam o serviço de coleta seletiva, e 105 (22,5%) tinham reciclagem, sendo estas as maiores médias respectivas entre todos os estados brasileiros. Observa-se que os 138 municípios gaúchos com coleta seletiva correspondem a 30,6% do total de municípios no País com esse serviço. Por outro lado, do total de 228 mil toneladas de resíduos coletados diariamente no País, apenas 3,9% eram encaminhados para estações de triagem ou de compostagem, enquanto, no RS, esse percentual chegava a 11,0%.

Embora as atividades de coleta e reciclagem de resíduos venham apresentando grande crescimento e diversificação nos últimos anos, diversas formas de irregularidades mantêm-se nessa produção. Essas irregularidades dizem respeito, principalmente, à permanência de um vasto setor de trabalhadores informais atuando em lixões a céu aberto ou nas ruas, em condições de completa vulnerabilidade e precariedade. O Fórum Estadual Lixo e Cidadania estima em cerca de 11.000 o número de trabalhadores nessa situação, no RS, inclusive com relatos de trabalho escravo em depósitos clandestinos. Outras irregularidades freqüentes nas atividades de coleta e reciclagem de resíduos sólidos referem-se a questões ambientais, fiscais e legais.

Reciclagem de resíduos sólidos no Brasil RS em destaque

Compartilhe