Ano 21 nº 02 - 2012

    Algumas perspectivas para 2012

    Os resultados apresentados, ao final do ano, pelas economias mundial e brasileira foram bem diferentes das expectativas que vigoravam no início de 2011. Em janeiro do ano passado, falava-se que a maioria dos países desenvolvidos iria obter um bom desempenho em termos de crescimento, recuperando os níveis pré-crise, enquanto, no front interno, havia certa preocupação

    Leia mais

    Performance recente dos preços das commodities

    Acompanhar o comportamento das commodities é relevante devido ao seu impacto na inflação e nas exportações. As commodities iniciaram movimento próspero de preços desde 2002 — com alta mais consistente a partir de 2003 —, relacionado, principalmente, com a retomada do crescimento econômico mundial, com destaque para a robusta demanda chinesa por matérias-primas. Em julho

    Leia mais

    Desempenho da indústria de transformação gaúcha vis-à-vis à brasileira em 2011

    Após observar os dados fornecidos pela Pesquisa Industrial Mensal (PIM) do IBGE, verifica-se que a produção física da indústria de transformação gaúcha cresceu 1,8% no acumulado de janeiro a novembro de 2011, comparado-se com o mesmo período de 2010. Já a indústria brasileira cresceu menos (0,3%). Os principais setores industriais responsáveis por esse crescimento no

    Leia mais

    Evolução recente do gasto público em educação, por estudante, no Brasil

    Embora maior gasto em educação não signifique, necessariamente, melhor qualidade do ensino, a análise das despesas nessa área pode revelar as prioridades dos governos. De acordo com o INEP-MEC, foram gastos, no Brasil, em média, R$ 2.972 por estudante da educação básica em 2009. No mesmo ano, o gasto público por estudante no ensino superior

    Leia mais

    Aumento das vagas para o ensino técnico profissional de nível médio

    A educação profissional técnica de nível médio no Brasil experimentou, recentemente, importante expansão. O número de matrículas nas escolas técnicas aumentou 46,2% no período 2007-10; passou de 780.162 para 1.140.388. No RS, o crescimento das matrículas teve menor ritmo (9,5%), quando comparado com o Brasil, passando de 78.857 para 86.354 matrículas. Em relação às vagas

    Leia mais

    A ascensão do Cone Sul na matriz mundial de celulose

    A indústria mundial de celulose vem sofrendo relevantes alterações locacionais nos últimos 20 anos, em razão dos novos investimentos no Hemisfério Sul, particularmente, na região do Cone Sul (Argentina, Brasil, Chile e Uruguai). Essa estratégia de localização deve-se, principalmente, à excelente adaptação do eucalipto na região, possibilitando uma notável produtividade a um menor custo, associada

    Leia mais