Ano 15 nº 02 - 2006

A estiagem, a produção e a produtividade da lavoura gaúcha

A economia do Rio Grande do Sul apresentou retração de 4,8% em 2005. Metade dessa taxa (2,4%) deve-se à agropecuária, que, participando com 16% na estrutura da economia, teve um crescimento notoriamente afetado pela estiagem, de -15,2%. A lavoura representou 62% do valor de produção agropecuária, e 34% originou-se da produção animal, cabendo o resíduo às demais atividades do setor.

Leia mais

A balança comercial do RS em 2005

O saldo comercial do RS, em 2005, alcançou US$ 3,761 bilhões. Diferentemente do Brasil, cujas vendas externas se elevaram 22,63%, as exportações gaúchas cresceram apenas 5,82%; e, enquanto as importações do Estado aumentaram 26,49%, as do País ampliaram-se 17,06%. O aumento das exportações gaúchas deveu-se ao desempenho dos produtos manufaturados, que aumentaram 16,05% em relação a 2004, já

Leia mais

O emprego formal em 2005: pena maior para o RS

A geração de empregos formais no Brasil apresentou um nítido sinal de desaceleração ao longo de 2005, confirmado com o resultado final do ano. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) revelam uma expansão de 5,09% no estoque de empregados com carteira, em 2005, com um saldo líquido

Leia mais

O crédito no Brasil, em 2005

Em 2005, estatísticas do Bacen indicaram que o saldo total das operações de crédito do sistema financeiro nacional atingiu, em dezembro, R$ 606,9 bilhões, significando um crescimento de 25,9% no ano. Como resultado, a relação desse agregado com o PIB chegou, em dezembro último, a 31,3% (em dezembro de 2004, havia atingido 27,0%). A expansão do volume de crédito foi a

Leia mais

Gás carbônico (CO2) no consumo de energéticos não renováveis, no RS

Em 2000, o Rio Grande do Sul gerou 22,3 milhões de toneladas de CO2, oriundas do consumo de energéticos não renováveis (derivados do petróleo, gás natural e carvão mineral). Isso representou 8,6% das emissões desse gás no Brasil, uma participação superior à do PIB do RS no PIB nacional que foi de 7,70%. Estudo prospectivo (cenários tendenciais elaborados pelo grupo

Leia mais

Desafios para o comércio exportador gaúcho

Embora tenha ocorrido uma importante diversificação na pauta de exportações estadual, ainda hoje ela exibe uma grande concentração nas vendas de produtos dos complexos soja, fumo, couros e calçados e carnes de aves. Chama atenção, também, que essas mercadorias são muito distintas quanto ao grau de transformação industrial. De um lado, aparecem os calçados, de outro, as commodities “puras”, o fumo,

Leia mais