Ano 12 nº 07 - 2003

A migração no Rio Grande do Sul

Os dados do Censo Demográfico de 2000 sobre movimentos migratórios da população brasileira indicam que o número de gaúchos naturais residindo fora do Estado (1.012.590 pessoas) era bem maior que a população não natural do Rio Grande do Sul residente no Estado (382.502 pessoas), na-quele ano. O fluxo de deslocamento dos gaúchos ocorreu principal-mente para

Leia mais

Os gastos financeiros e a dívida do setor público

O setor público consolidado, medido através das Necessidades de Financiamento do Setor Público (NFSP), registrou um superávit primário (excluindo o pagamento com juros nominais) de R$ 36,98 bilhões, o equivalente a 5,73% do PIB, de janeiro a maio de 2003. Tal resultado evidencia uma postura austera em relação à política fiscal, superando as metas acordadas

Leia mais

As exportações gaúchas por fator agregado

Devido à excelente safra de soja recorde e ao aumento nas vendas de commodities exportadas pelo RS, como a própria soja, o farelo de soja, o fumo, a carne de frango e a de suíno, a participação dos produtos básicos nas exportações gaúchas, entre janeiro e maio de 2003, elevou-se. Desde 1997, os preços agrícolas

Leia mais

Queda da massa de rendimentos prejudica comércio na RMPA

A massa dos rendimentos do trabalho na Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA), que é o produto do salário médio real e do número de ocupados na Região, vem diminuindo, num processo que se verifica desde outubro de 2002. Segundo os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego da RMPA relativos ao mês de abril

Leia mais

Agronegócio favorece a expansão industrial gaúcha

Os principais fatores que sustentaram a expansão da indústria brasileira a partir de meados de 2002 — petróleo, agroindústria e exportação — imprimiram um acentuado dinamismo ao crescimento industrial no Rio Grande do Sul. A expressiva participação na matriz industrial local dos setores que direcionam a sua produção primordialmente, para o mercado internacional ou que

Leia mais

O que há de novo no Plano Safra 2003/2004?

O Plano Safra 2003/2004, anunciado em junho pelo Governo Federal, aumentou os recursos totais do crédito rural em 25,8% e manteve a taxa de juros dos empréstimos nos mesmos 8,75% anuais da safra anterior, embora a parcela dos empréstimos concedidos a essa taxa tenha diminuído de 86% para 82%. Tais medidas, num momento de crédito

Leia mais