Ano 12 nº 01 - 2003

Vendas cadentes em 2002

As vendas do comércio varejista no RS, em 2002, apuradas pelo Indicador Mensal do Comércio Varejista da FEE (IMCV), apresentaram-se em patamares continuadamente inferiores aos observados no ano anterior. Em novembro último, o desempenho do comércio varejista foi 2,6% menor que o observado no mesmo mês de 2001. Com esse resultado, as vendas no período jan.-nov./02 situaram-se 2,3% abaixo

Leia mais

Ano desfavorável no mercado de trabalho

Segundo informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Porto Alegre (PED-RMPA), disponíveis até novembro, o ano 2002 mostrou resultados negativos para o mercado de trabalho, como resultado do desaquecimento da economia estadual. O número médio de ocupados na Região experimentou retração após cinco anos ininterruptos de crescimento, sendo estimado em 1.466 mil pessoas, 15 mil a menos

Leia mais

Produção física industrial gaúcha expande-se em 2002

Ao final de 2001, a produção física industrial no Brasil e na maioria dos estados apontava a superação dos fatores que provocaram desaceleração econômica ao longo do ano passado (racionamento de energia elétrica, taxas de juros elevadas e forte instabilidade cambial associada ao quadro adverso da economia mundial). No primeiro semestre de 2002, contudo, a retomada gradual do crescimento da

Leia mais

Flutuações e tendências da produção estadual de grãos

O ano 2002 fechou com um balanço negativo para o setor graneleiro gaúcho, pois registrou menos 3,2 milhões de toneladas em relação à safra anterior. Tal desempenho, associado fortemente a condições climáticas adversas, implicou que, em apenas um ano, a contribuição do Rio Grande do Sul à produção nacional caísse de 20,4% para 16,9%. Esses fatores aleatórios apenas pioraram a posição

Leia mais

As exportações gaúchas em 2002

A economia gaúcha acumulou, no período jan.-nov./02, um saldo comercial de US$ 2,7 bilhões, 24,5% superior ao do mesmo período de 2001. Esse resultado se deveu a exportações estagnadas (0,05%) e a importações 14,1% menores que as de 2001. A performance das exportações poderia ser bem melhor, não fosse a forte crise da economia argentina, que, até 2001, era nosso

Leia mais

A economia gaúcha em 2002

Segundo as estimativas preliminares divulgadas pela Fundação de Economia e Estatística, o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado cresceu a uma taxa de 1,8% em 2002, totalizando um valor de R$ 109,7 bilhões, equivalentes a US$ 37,6 bilhões. Considerando-se o crescimento populacional estimado em 1,1%, o PIB per capita expandiu-se 0,7%, atingindo um total de R$ 10,6 mil, equivalentes

Leia mais